Histórico dos Congressos

Iniciado em 1987, o primeiro Congresso da UNIPAZ foi uma resposta quase imediata à Declaração de Veneza, após reunião da UNESCO, em 1986, que enfatizou a necessidade de novos métodos educacionais transdisciplinares, através do reencontro das ciências, artes, filosofias e tradições espirituais.

Os Congressos promovidos pela UNIPAZ constituem um dos mais relevantes eventos do mundo relacionados à abordagem transdisciplinar holística e sempre contou com a participação de importantes personalidades de diversos países. A história da UNIPAZ pode ser contada a partir de encontros com Amit Goswami, Basarab Nicolescu, Craig Gibsone, Elizabeth Kübler-Ross, Háj Ross, Harbans Lal Arora, Jean-Yves Leloup, John Wood, Lama Chagdud Tulku Rinpoche, Marilyn Ferguson, Mestre Liu Pai Lin, Mestre Woo, Monique Thoenig, Pierre Weil, Radha Burnier, Ramón Soler, Rupert Sheldrake, Stanislav Grof, Stanley Krippner, Sister Jayanti e Susan Andrews.

Entre os brasileiros, nomes como Bené Fonteles, Caetano Veloso, Elba Ramalho, Fagner, Francisco Di Biase, Frei Betto, Herbert de Sousa (Betinho), Gilberto Gil, José Hermógenes, Kaká Werá, Leonardo Boff, Lia Diskin, May East, Milton Santos, Odete Lara, Roberto Crema, Roberto Shinyashiki, Rose Marie Muraro, Rubem Alves, Ubiratan D’Ambrosio e Zuenir Ventura incluem-se ao lado de muitos outros agentes da Cultura de Paz.

 

I Congresso Holístico Internacional | 1987

O I Congresso Holístico Internacional (I CHI) e o I Congresso Holístico Brasileiro foi realizado no ano seguinte à Declaração de Veneza, em 1987. Foi o primeiro encontro transdisciplinar centrado no novo paradigma holístico.

“A visão holística: para além das fronteiras do conhecimento” foi seu tema central. Ciência e Consciência deram-se as mãos nesse evento, que reuniu mais de mil e duzentas pessoas dos mais diversos recantos do País e do mundo. Entre as presenças marcantes e atuantes, destacaram-se: Jean-Yves Leloup, Monique Thoenig, Pierre Weil, Andre Chouraqui, Ubiratan D’Ambrósio, Michel Random, Stanley Krippner, John Wood, Ramón Soler, Vera Kohn, Nicole Buloze, Stacey Mills, Carlos Byington, Murillo Nunes de Azevedo, Radha Burnier, Rose Marie Muraro, Martinez Bouquet, Claudio Naranjo, Mestre Woo e Richard Hoffmann. O resultado do I CHI foi a formalização da “Carta de Brasília” e a criação da Fundação Cidade da Paz, mantenedora da UNIPAZ.

 

II Congresso Holístico Internacional | 1991

Após o I CHI, a cidade de Jerusalém havia sido escolhida para ser a sede para o segundo evento. Entretanto, devido à guerra no Oriente Médio, a cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais, foi escolhida para sediar o Encontro, que reuniu novecentos participantes.

Ocorrido entre os dias 8 a 13 de julho de 1991, no Minascentro, com o tema “Construindo um Paradigma para o Ano 2000”, o Congresso reuniu nomes como Monique Thoenig, Pierre Weil, Roberto Crema, Elisabeth Kübler- Ross, Manfred Max-Neef, Abelardo Brenes, Ubiratan D’Ambrosio, Odete Lara, Rose Marie Muraro, Stephen Nachmanovitch, Carlos Byington, Francisco Di Biase, José Hermógenes, Lia Diskin, Borisas Cimbleris, Robert Happé, Harbans Lal Arora, Philip Snow Gang, Háj Ross, Duilio Cartocci, Cristovam Buarque, José Maria Martins, Orestes Diniz Neto, entre outros.

Nesse encontro em Belo Horizonte, consolidou-se o trabalho iniciado no I CHI e seus resultados contribuíram para enriquecer a reflexão e a experiência dos atores da construção do novo tempo. Um dos seus frutos foi o livro “Ciência, Educação e Ecologia”.

 

III Congresso Holístico Brasileiro e I Congresso Holístico Pan-americano | 1992

No ano seguinte, 1992, entre os dias 14 a 19 de setembro, a cidade de Canela no Rio Grande do Sul recebeu o III Congresso Holístico Brasileiro e o I Congresso Holístico Pan-americano. Com o tema “A Nova Aliança para o Terceiro Milênio”, seu propósito central foi de incentivar a cooperação científica nacional e pan-americana, indicando novas direções para a sociedade, congregando cerca de oitocentos participantes.

Com o foco na temática transdisciplinar da consciência e do despertar de um novo ser humano, contou com Pierre Weil, Martha Vecchio, Alfredo Aveline, Antonio Azevedo, Elisabeth Cruz, Isabel Ibias, Jane Klein, Ricardo Lindemann, José Fonseca, Universina Ramos, Mauro Pozatti, Silvana Zanella, Márcia Tabone, Otávio Rivas Solis, Roberto Crema, Roberto Ziemmer, Waldemar Helena, entre outros. Conferências magnas, simpósios, holopráxis, mesas redondas, palestras, vivências e celebrações holísticas compuseram o encontro, cujas conclusões foram sintetizadas na Carta de Canela.

 

IV Congresso Holístico Brasileiro e III Congresso Holístico Pan-americano | 1993

Em 1993, a Baía de Todos os Santos, Bahia, recebeu com todo o seu axé o IV Congresso Holístico Brasileiro e o III Encontro Holístico Panamericano. Na ocasião, também foram realizados o II Encontro Nacional Holístico de Crianças e Jovens e a I Conferência Internacional de Reitores e Educadores para a Paz e o Meio Ambiente, envolvendo cerca de mil participantes.

A sua ampla temática abrangeu a arte, o corpo, a terapia integral, a meditação, a consciência e a sabedoria sapiencial. Mãe Stela, Gilberto Gil, Caetano Veloso, João Eurico Matta, Juca Ferreira, Mestre Liu Pai Lin, Robert Muller, Abelardo Brenes, Pierre Weil, Sister Jayanti, Octavio Rivas Solis, Juan José Tapia, Craig Gibsone, May East, Harbans Lal Arora, Martha Vecchio, Vera Arora, Mechthild Scheffer, Jaime Treigger, Robert Muller, José Lutzemberger, Miguel Enriquez, Cristovan Buarque, Ken O’Donnell, Lia Diskin, Nilton Bonder, Arnoldo Hoyos, Bené Fontelles, Sônia Café e Neyde Marques estiveram entre os conferencistas convidados.

 

V Congresso Holístico Brasileiro e IV Congresso Holístico Pan-Americano | 1995

Entre os dias 9 a 12 de novembro de 1995, o Rio de Janeiro sediou os congressos, aos quais também se somou o III Encontro Nacional Holístico de Crianças e Jovens. O objetivo primordial foi “ultrapassar os conceitos limitativos que geram a fragmentação do conhecimento” nas palavras de seu presidente de honra, Pierre Weil.

Centrado no tema “Paz, tolerância e cidadania mundial” a arte do encontro permeou toda a programação: Encontro com a Solidariedade, com a participação de Herbert de Souza (Betinho) – que recebeu o Prêmio da Paz; Encontro com o Compartilhar, com nomes como Stanislav Grof, Ubiratan D’Ambrosio, Stanley Krippner, Lia Diskin, Arthur da Távola, Roberto Shinyashiki, Juan José Tapia, Manuel Ribeiro de Carvalho; Encontro com a Sabedoria, com Frei Betto; Encontro com o Equilíbrio, com Stanley Krippner; Encontro com a Conspiração, com Marilyn Ferguson; o Encontro com a Harmonia, com Leonardo Boff; entre uma série de outros, com outras participações como Zuenir Ventura, José Roberto Witaker Penteado, Diane Haug, David Gordon e Arnoldo Hoyos Guevara, Maria da Glória Sobrinho.

Este Congresso, que reuniu mais de mil participantes, resultou na declaração: “O Fim desta década está nas mãos dos dispostos a agir”.

 

VI Congresso Holístico e Transpessoal Internacional | 1997

Com o tema “Cultivando uma Cultura de Paz”, Águas de Lindóia, em São Paulo, recebeu de 4 a 7 de setembro de 1997 o VI Congresso Holístico e Transpessoal Internacional, conjuntamente com o VI Congresso Holístico Brasileiro, o III Congresso Holístico Internacional, o I Congresso Luso-Brasileiro de Transpessoal e o II Congresso Brasileiro de Transpessoal. Além destes, no dia 3 de setembro foi realizado um simpósio pré-Congresso, com o tema “Gestão da Crise e da Mudança”.

Os eventos reuniram mais de novecentos participantes. Na programação, personalidades como Stanislav Grof, Milton Santos, Ubirtan D’Ambrosio, Pierre Weil, Roberto Crema, Fei Betto, Lama Gangchen Tulku Rimponche, John Wood, Jean-Yves Leloup, Carlos Bouquet, Consuelo Pena, Joel Giglio, Doucy Douek, Lídia Rebouças, Roger Woolger, Gislaine D’Assumpção, Leonardo Boff, Rubem Alves, Boris Casoy, Suryavan Xolhar, Swami Deva Manik, Joel Giglio, Ruth Kelson e Amit Goswami, May East, Craig Gibsone, Carminha Levy, Gislaine D’Assumpção, Theda Basso, Aidda Pustilnik, Lala de Heinzelin, Pai Lin, Vera Saldanha, entre outras.

 

VII Congresso Holístico Internacional | 1999

A mais antiga comunidade do mundo baseada em valores espirituais, Findhorn, na Escócia, foi sede de um congresso holístico internacional da UNIPAZ centrado no tema “Um clamor holístico pela paz”. A um passo do terceiro milênio, o Congresso ocorreu entre os dias 3 a 10 de abril de 1999.

Ali se reuniram Pierre Weil, Joycelin Dawes, James Twyman, Stuart Hill, José Lutzemberger, Wangari Maathai, Sister Elaine MacInnes, Dorothy Maclean, Roberto Crema, Carminha Levi, Simon Weber, Lama Yeshe Losal, Danah Zohar, Sister Elaine Macinnes, Doroth Maclean, Carminha Levy, Wangari Maathai, Vandana Shiva, May East, Craig Gibsone, entre outros, congregando mais de duzentos participantes de todo o mundo.

 

VIII Congresso Holístico Internacional | 1999

Com o tema “Rumo ao Terceiro Milênio: a transformação pelo amor”, o congresso foi realizado no mesmo ano que o evento de Findhorn, entre os dias 20 a 23 de outubro de 1999, em Fortaleza, Ceará. Conjuntamente, também ocorreu o IV Encontro Nacional Holístico de Crianças e Jovens.

Pierre Weil, Susan Andrews, José Hermógenes, Chamalú, Lia Diskin, Francisco di Biase, Harbans Lal Arora, Roberto Crema, Lya Diskin, Lydia Rebouças, Ubiratan D’Ambrosio, Stanley Krippner, entre muitos outros, participaram como conferencistas. A programação artístico-cultural ocupou o Centro Cultural Dragão do Mar, com artistas como Elba Ramalho, Fagner, Bené Fonteles, Valter Pini e Marta Aurélia.

 

IX Congresso Holístico Brasileiro e V Congresso Holístico Pan-americano | 2002

Primeiros congressos do novo milênio, ocorreram entre os dias 22 a 25 de setembro de 2002, em Florianópolis, Santa Catarina, reunindo 1001 participantes. Além do V Encontro Nacional Holístico de Crianças e Jovens, também foram realizados conjuntamente: o Fórum de Psicologia Transpessoal, que uniu pessoas das três Américas e da Europa para refletir sobre os novos rumos da Psicologia; o Fórum de Educação e Transdisciplinaridade, unindo educadores e expoentes da visão transdisciplinar para refletir sobre os paradigmas da educação e compartilhar novas práticas; o I Encontro Latino-Americano de Homens e Mulheres, oportunidade de troca de experiências dos gêneros em busca de inteireza.

No encerramento ocorreu ainda o encontro de homens e mulheres da América Latina por uma Cultura de Paz.

O tema “Reencantamento do Mundo”, foi inspirado nas palavras de Basarab Nicolescu: “é absolutamente necessário explorar a infinita capacidade de deslumbramento da consciência humana para ser possível reencantar o mundo”. Além de Basarab, participaram Rupert Sheldrake, Ubiratan D’Ambrósio, Stanley Krippner, Lucy Penna, Jean Yves Leloup, Susan Andrews, Carminha Levy, Craig Gibsone, May East, Pierre Weil, Roberto Crema, Lúcia Torres, Mauro Pozatti, entre outros.

 

X Congresso Holístico Internacional | 2004

De 25 de setembro a 02 de outubro de 2004, ocorreu novamente um congresso holístico na comunidade de Findhorn, Escócia, centrado no tema Connectivity and Synchronicity: Building a Global Culture of Peace (Conectividade e Sincronicidade: Construindo uma Cultura Global de Paz).

Contou com a participação de cerca de 250 pessoas, provenientes sobretudo da Europa. Abrilhantaram o evento os palestrantes Ervin Laszlo, Peter Russel, Sister Jayanti, Jean-Yves Leloup, Barney Leith, Pierre Weil, Craig Gibsone, May East, Roberto Crema, Carlos Emediato, Simone Ramounoulou e Frances Rose Feder. Estabeleceu-se uma sinergia entre as Redes da UNIPAZ e a Rede Global de Educação para a Paz – Peace Globalnet – Redepaz, em uma fecunda dinâmica de encontros com parceiros mundiais com base na Europa, sucedidos por Encontros na Ásia (Bangkok), Oriente Médio (Nazareth), África (Accra), América do Norte (Washington) e América do Sul (Foz do Iguaçu).

A UNIPAZ participou como parceira no Encontro de Washington com Seminários de Yves Mathieu (Unipaix France) e Petra Mollet (Unipaix Europe).

 

XI Congresso Holístico Internacional | 2009

Sediado em Goiânia, entre os dias 04 a 07 de setembro de 2009, com o tema “Manifeste sua Paz”, o XI CHI incluiu em sua programação o II Festival Mundial da Paz e do Encontro de Espiritualidade e Paz. O Congresso foi precedido de uma Caminhada da Chama da Paz, que percorreu os 245 municípios do estado de Goiás, envolvendo todas as prefeituras e contando com grande participação das comunidades escolares. Durante o Congresso, também foram realizados o Fórum de Educação e o Fórum de Meio Ambiente.

Entre os conferencistas, Alexandra Reschke, Carlos Martinez Bouquet, Dulce Magalhães, Eleanor Luzes, Gloria Sobrinho, Içami Tiba, Jorge Ponciano Ribeiro, Kaká Werá, Marco Aurélio Bilibio, Marcos Arruda, Mauricio Andrés, Regina Fittipaldi, Pierre Weil, Roberto Crema, Susan Andrews e Ubiratam D’Ambrosio.

Com 922 inscritos e 382 colaboradores e terapeutas voluntários, o encontro promoveu mais de 9 mil atendimentos gratuitos ao público, incluindo oficinas de meio ambiente, reeducação alimentar, equilíbrio energético, artes expressivas, terapias corporais, autoconhecimento, jogos cooperativos, psicoterapia e dança circular.

Translate »

Pin It on Pinterest

Share This